>

AMOR NATURAL CULINÁRIA

Este é o lugarzinho do AMOR NATURAL CULINÁRIA, TREINAMENTOS E SERVIÇOS. Aqui vou postar receitas, dicas de culinária nacional e internacional,enologia, etiqueta, economia doméstica e tudo de importante para os amantes da gastronomia, além de literatura, notícias importantes,fotos e desenhos e tudo que possa interessar aos amigos que me visitam ! Sejam bem-vindos !!

"Click here and translate this page to English language"

quinta-feira, setembro 29, 2005

COMPOTAS/GELÉIAS ( 20 ) - CAJÚ !!


Alô Blogueiros do meu coração!! Vamos ver se hoje o provedor deixa eu postar sem problemas, porque ontem foi uma tortura!! Como estão?? Como foi a quarta-feira?? Um Beijão, já volto!!

C A J Ú
O caju em ponto de maturação certa é uma delícia. Seu emprego vai das compotas, sucos e sorvetes até bolos e as famosas batidas com cachaça. Com as castanhas – de agradável sabor e muito consumidas, apreciadas no mundo inteiro e exportadas em larga escala do Brasil – podem-se preparar vários pratos deliciosos.
Da polpa de caju retira-se a maior riqueza da fruta: a vitamina C. Mas ela também contém, em quantidades menores, vitaminas A e do Complexo B. Contrariamente ao que ocorre com os cítricos (laranja, por exemplo), o teor de ácido ascórbico (Vitamina C) do caju aumenta com o amadurecimento do fruto, o mesmo fenômeno que acontece com a goiaba.
O valor protéico da castanha do caju deve ser sempre ressaltado por conter 7 aminoácidos essenciais (substâncias que formam as proteínas dos tecidos) à manutenção da vida e quase todos os aminoácidos indispensáveis ao crescimento infantil.
Composição por 100g
Calorias43kcal Glicídios10g Proteínas 1g Cálcio 1mg Fósforo 16mg Ferro 0,2mg
Sódio 3mg Potássio 124mg Fibras 1,7g

DOCE DE CAJU (COMPOTA)
Ingredientes
24 cajus grandes, maduros e perfeitos
Limão
1 Kg do açucar cristal

Modo de Preparo
1. Retire os cabos e as castanhas dos cajus e descasque as frutas com faca inoxidável ou de madeira. Conforme forem sendo descascados, deite em uma vasilha com água e caldo de limão para não escurecerem. Fura cada caju com um palito e esprema com cuidando retirando a metade do suco. Torne a colocá-los em água com limão e leve ao fogo para uma rápida fervura. Retire, ponha em uma peneira, torne a espremer um pouco e deixe esfriar.
2. Faça com o açucar e um litro de água com calda em ponto de pasta; clarifique(*) - já falamos anteriormente neste blog sobre este processo em doces e licores, lembram-se??
À calda, depois de fria, junte os cajus. Leve ao fogo, ferva por uns 30 minutos, retire e conserve na mesma panela até o dia seguinte. Volte ao fogo brando até que as frutas fiquem bem passadas e com a calda relativamente grossa. Guarde a compota em vidros esterilizados.

(*) Clarificação de calda de doces (1)
½ litro de água
½ litro de leite cru
Faça a calda misturando o açucar com a água e levando ao fogo para ferver. Numa vasilha, misturar ½ litro de água e ½ copo de leite cru. Quando a calda estiver fervendo colocar um pouco desta mistura na calda. Não mexer até que toda impureza do açucar junte ao leixe. Repetir a operação até que não saia mais impurezas da calda. Coar a calda num coador de flanela, que deve ser reservado só para este fim.

Clarificação de calda de doces (2)
1 clara de ovo
5,0 Kg de açucar
Misturar a clara no açucar até dissolver completamente. Colocar a água, misturar e levar ao fogo (não mexer mais, até que toda impureza do açucar suba). Coar a calda em coador de flanela, que dever ser reservado só para este fim.
AddThis Social Bookmark Button

1 Comments:

  • At 9:25 PM, Anonymous Anônimo said…

    Dreams or Nightmares: A Gallery of 10 Web-based Services
    A decade ago, application service providers -at least according to the hype - were going to pull the rug out from under packaged, locally installed software.
    Find out how to buy and sell anything, like things related to music on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like music!

     

Postar um comentário

<< Home